info@madeiraacessivelbywheelchair.com

+351 918 133 503



Serviços




Companhia Engenhos Do Norte


Uma visita à histórica Companhia dos Engenhos do Norte, na vila do Porto da Cruz, permitirá conhecer um dos principais testemunhos vivos do passado glorioso de produção do açúcar na ilha e recuar ao princípio do séc. XX. Construído no início do século XX (1927), mas equipado com maquinaria do século XIX, o Engenho do Porto da Cruz é um dos exemplos mais marcantes da importância da cana-de-açúcar na Madeira, e constitui um núcleo museológico de grande importância patrimonial.
Dedica-se exclusivamente à produção de aguardente de cana-de-açúcar/rum de acordo com os processos originais, destacando entre estes a Aguardente “Branca” e Aguardente Envelhecida 970 Reserva.
Se entre Março e Maio, os meses da campanha, podemos experiênciar os sons, os movimentos e os odores da sua fermentação, embora com as limitações consequentes das medidas necessárias de segurança, no resto do ano é possível observar as máquinas e perceber o mecanismo através de dispositivos interativos. No final sugerimos uma visita à Casa do Rum mesmo ao lado do Engenho, onde poderá degustar vários "runs".
Este é um edifício de planta retangular construído em alvenaria basáltica com argamassa de cal, com vãos de vergas curvas e uma grande porta. Tem ainda uma alta chaminé, com 26 metros de altura, de forma cilíndrica construída em tijolo vermelho. 
No interior da fábrica existe maquinaria que nos remete para a época da Revolução Industrial. 
 O engenho do Porto da Cruz é um dos três engenhos antigos em actividade na Madeira. Construído em 1927, por fruto da fusão de alguns dos cerca de cinquenta existentes então na ilha, utiliza ainda hoje as máquinas dessa época, sendo o único na Europa a usar o vapor como força motriz. Entre outros equipamentos dessa época destacamos a caldeira a lenha, construída por Jones Burton & Comp. Lda, de Liverpool, outra caldeira alimentada com lenha e com os desperdícios da moagem, fabricada no extinto Arsenal de São Tiago, que foi um marco da indústria na Madeira, várias bombas a vapor e em pleno funcionamento, diversas tinas em cobre que serviam para o fabrico do mel, uma serpentina também em cobre usada no fabrico do rum e os alambiques franceses da marca Barbet em coluna com 7.50 metros de altura que ainda hoje produzem Rum agrícola da Madeira.
 
 
Horário de Funcionamento: 
Segunda a Sábado: 09:00 - 18:00

http://engenhosdonorte.com/

 






« Voltar